O que é o marketing direto

Mais uma das formas para atingir o consumidor é a utilização do Marketing Direto, que se trata de abordar como antigamente o consumidor de forma individual, porém houve uma grande mudança com este tipo de marketing, pois antigamente o contato era bem próximo ao consumidor, quase um boca-a-boca para anunciar produtos e serviços a população, porém anos depois com o surgimento das novas tecnologias, televisão e internet principalmente, a forma de fazer marketing mudou bastante, pois as grandes empresas vêm investindo pesado neste tipo de divulgação, afim de conseguirem o maior número de clientes possíveis. Outra grande vantagem que a tecnologia nos trouxe é a possibilidade de conseguirmos armazenar um número altamente elevado de informações sobre a população, a fim de separar todos estes dados e a partir deles fazer uma divisão de potenciais clientes por categorias mais especificas (como região ,idade,poder aquisitivo etc.). O marketing direto é uma das táticas de marketing mais agressivas,  pois visa atingir diretamente cada consumidor nos meios de comunicação mais diversificados possíveis, O marketing direto visa criar um relacionamento com um cliente, através de um dialogo, pois a empresa têm que ouvir a opinião de seus clientes para poder criar boas campanhas publicitárias, no marketing direto não se deve haver um individualismo por parte da Empresa, pois ela tende a perder muito se não tiver um canal de comunicação com seus clientes. No marketing direto é muito importante a criação de boas campanhas publicitárias que falem e chamem a atenção dos clientes, e para isso cada vez mais deve-se se estar atento as novidades, os assuntos em alta, e se utilizar dos últimos recursos disponíveis.

Praticando Marketing Direto

Quais os principais objetivos do Marketing Direto ?

O principal objetivo do marketing direto é a separação dos clientes como indivíduos afim de construir um relacionamento de boa duração com os mesmos, assim trazendo benefícios aos clientes e maior lucro a empresa,  conhecendo melhor o cliente e suas necessidades fica mais fácil criar produtos e divulgá-los da melhor maneira possível e assim atingir mais clientes em potencial, o que aumenta substancialmente o lucro da Empresa.

Marketing Direto é o Marketing de Relacionamento continuado entre uma empresa e uma pessoa (Business-to-Consumer ou Business-to-Business) que possibilita a mútua satisfação de interesses, com a efetivação de trocas e a sua repetição contínua.

Você gostou da qualidade desse artigo e gostaria de receber outros gratuitamente em seu e-mail? é simples, apenas coloque seu e-mail, confirme seu email ao receber nossa mensagem e pronto

Insira seu Email:

Desenvolvido por FeedBurner

O serviço é totalmente gratuito e livre de spam, você poderá cancelar a qualquer momento e seu Email não será divulgado.

Gostou? Mantenha o site atualizado compartilhando o conteúdo com seus amigos!

6 comentários em “O que é o marketing direto

  1. Eu quero dar uma dica aqui, é sobre o marketing direto. Uma venda é feita com mais sucesso quando há um relacionamento prévio com o cliente e isso pode as vezes, demorar alguns dias antes da venda acontecer. Valorize essa dica que resultados vão vir.

  2. Excelente artigo e acrescento que hoje podemos incluir como ferramenta tecnológica do Marketing direto é o aplicativo para smartphones, onde diversos ramos de negócios estão bem mais próximos de seus clientes oferecendo primeiramente comodidade e além disso novidades, descontos, propagandas, interações e muito mais.

  3. Venho desenvolvendo um serviço local no Rio de Janeiro com marketing direto para clientes, ou pelo menos acredito que seja isso, pois faço uma panfletagem direcionada, por exemplo, apenas entrego os panfletos em escritórios de advocacia quando tenho clientes que vendem sistemas de advogados, ou só fazemos a panfletagem em restaurantes para fornecedores de produtos e alimentos etc. Ou seja, o cliente escolhe qual o cliente que devemos prospectar. Mas esbarramos em um empecilho legal, que é que a Panfletagem é proibida no Rio de Janeiro, mas nesse caso pretendemos fazer diretamente no estabelecimento do “cliente do nosso cliente”. Todos eles relatam que entregar 50 folhetos para o cliente ideal é melhor do que 5000 entregues sem critério para pessoas na rua, pena que algo que dê tão bons resultados não possa ser explorado de forma mais aberta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *