3 coisas que grandes empresas podem aprender com pequenos negócios

Empresas de grande porte também podem aprender com pequenos negócios, confira:

Não são poucos os conselhos que podemos encontrar com poucas pesquisas na Internet sobre como pequenos negócios podem se manter abertos e competitivos conseguindo maior espaço quando se inspiram nas técnicas de empresas já bem sucedidas, geralmente esses conselhos a respeito da competitividade é visto adaptando o modo como grandes organizações agem em relação ao mercado e quais técnicas e táticas que elas utilizam para conquistar o lugar que hoje é de destaque entre os concorrentes, então vem a pergunta, somente os pequenos negócios podem aprender com os grandes? ou o contrário também pode ocorrer?

Aprender com os pontos fortes e fracos de outras organizações no mercado é um beneficio que todos podem obter, independente do tamanho, assim ambas podem aprender e crescer ainda mais pois sempre há espaço para melhorias.

Vivemos em um período onde nunca a opinião do cliente valeu tanto com relação ao rumo que as empresas devem tomar, nesse caso são as pequenas empresas que tem a ensinar para as grandes e não o contrário.

Então agora é a hora de aprender e emular situações para entender o que de melhor as pequenas empresas fazem de diferente das grande organizações que faz com que elas consigam lutar e ganhar quando o campo que estamos falando é na batalha da experiência no trato com o cliente.

O atendimento e compreensão de pequenas empresas em relação ao cliente é maior .
Características de pequenos negócios que podem ajudar grandes empresas.
  1. Ágil inovação

Empresas são conhecidas por ficarem “escravas” de seus próprios processos de hierarquia. Algo que vai em contrapartida ao que ocorre nas pequenas justamente por não possuírem a mesma estrutura e os procedimentos organizacionais envolvidos.

Com isso há uma total transparência de liberdade de movimento fornecida à médias e pequenas empresas, com uma colaboração mais enxuta e sem grandes atritos quando o aspecto é a realização de mudanças, com isso fica mais fácil para elas se adaptarem a novas coisas e movimentos de mercado que vem surgindo e com isso conseguem ser mais inovadoras atendendo à necessidades especificas e pontuais dos clientes. Grandes empresa quando ficam apegadas a todo o seu processo enraizado e geralmente ultrapassado encontram maiores dificuldades nessa busca por inovação, o que significa que elas saem em desvantagem sempre e perdem muito nas maneiras de se conectar aos clientes e conquistar novos quando mercado muda.

O que é importante para as organizações empresariais para conseguirem superar esse problema é quebrar essas barreiras dos departamentos para manter uma organização que trabalha em colaboração, sendo uma das estratégias mais eficazes de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) pois pode trazer uma visão unificada de informações e processos do cliente.

Sendo que uma vez que toda a equipe de atendimento ao cliente para vendas e marketing estejam cientes e preparados com o mesmo poder de informação detalhado e atualizado, serão capazes de realizar correções e mudanças de estratégias de forma mais rápida assim como as pequenas empresas fazem diariamente para atender as novas e constantes mudanças de necessidades dos clientes.

2. Hábitos de compras Locais

Aqui há uma desvantagem clara que ocorre em relação a grandes empresas em comparação com as pequenas, cada comunidade tem hábitos e costumes variados que representam preferências únicas e perspectivas completamente opostas em alguns casos, grandes empresas em geral costumam ter apenas dados demográficos de forma geral muitas vezes faltando essa percepção integral e maior segmentada.

Pequenas empresas já estão em uma posição melhor nesse aspecto onde podem compreender melhor os climas locais, culturas e clientes individuais da comunidade em que fazem parte, assim conseguem realizar e traçar melhores estratégias de vendas baseadas na informações da cultura e rotina já conhecidas, enquanto esse trabalho de super segmentação já fica complicado para empresas que fornecem para grandes áreas e com isso estratégias de vendas e promoção alternativas tem que ser lançadas com maiorfrequência.

3. Engajamento genuíno

Dedicado para grandes empresas que desejam ter um maior impacto em mercados individuais vão ter que tentar entender os dados demográficos gerais e necessidades dessas áreas, mas que esses dados são mais facilmente assimilados e decifrados por empresas de pequeno porte, por isso é difícil para que grandes empresas concorram com pequenas empresas em determinados aspectos e também criar uma conexão pessoal que constrói fidelidade à marca, algo que apenas com dados demográficos gerais não se poderia realizar, se você deseja entender melhor como ocorre esse processo de fidelização às marcas e serviços e como pode obter grande exito nesse aspecto com sua empresa confira: porque é importante fidelizar um cliente à minha empresa.

Os consumidores cada vez mais exigentes e espertos estão de olho em todas as estratégias utilizadas por toda a concorrência que o cerca e certamente irá escolher aquela que ele acha que irá entender e atender melhor as suas necessidades, as pequenas empresas muitas vezes trazem um cuidado maior e estão sempre a procura de formas de agradar seus clientes de todas as maneiras possíveis para que eles voltem, enquanto muitas vezes as grandes empresas acabam por se perder em meio a tudo isso.

Esse artigo tem como base um publicado em inglês pelo site: marketingprofs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *